Calcário: corretivo ou fertilizante para o solo do cafezal?

Postado em: 21/10/2021 - 2 min de leitura

Calcário: corretivo ou fertilizante para o solo do cafezal?
Quando falamos sobre fertilidade do solo do cafezal, muitas vezes surge a seguinte dúvida: o calcário é um corretivo ou um fertilizante do solo?
 
A verdade é que o calcário tem uma função tanto corretiva, quanto nutricional do solo. O calcário corrige o pH, neutraliza o alumínio e fornece cálcio e magnésio para as plantas. 
 
O calcário é obtido da moagem da rocha calcária, uma rocha formada por carbonato de cálcio e carbonato de magnésio. Outros produtos também corrigem o pH do solo, mas não podem ser considerados um calcário se não tiverem essa formulação: CaCO3 + MgCO3.
 
Sua ação neutralizante se dá por causa do carbonato, que é o elemento que gera a hidroxila, que se liga ao hidrogênio, que é a fonte de acidez, formando água. O pH da água pura é 7, de forma que quando há formação de água, eleva-se o pH do solo:

 
Em solos com pH maior do que 7, há uma predominância de hidroxilas em relação ao hidrogênio.
 
Por que fazer a calagem?
 
1) Para reduzir a acidez do solo (corrigir o pH)
 
O pH adequado do solo está entre 5,5 e 6,0, de forma que, abaixo disso é muito ácido e acima disso, muito alcalino, que vai causar problema para a planta. A acidez tem um efeito direto sobre a raiz da planta, impedindo seu desenvolvimento. Além disso, em pH mais baixo pode ocorrer toxidez de alumínio, que é um elemento presente no solo que, em concentrações elevadas, pode causar toxidez. A raiz do café não cresce em solo com alto teor de alumínio. 

=> Se você gosta desse conteúdo, vai gostar do curso completo Correção do solo e adubação do cafezal, de onde esse artigo foi derivado. O curso pode ser adquirido individualmente ou você pode optar por assinar a plataforma EducaPoint, tendo acesso a todos os cursos disponíveis (mais de 245!) por um preço único. Clique aqui para assinar.
 
2) Para neutralizar o alumínio (Al3+) ou reduzir a saturação por alumínio (m)
 
Assim, é necessário corrigir o pH do solo para neutralizar o alumínio. Confira abaixo o teor ideal de alumínio no solo:

 
É preciso analisar o teor de alumínio e a saturação. Ao se fazer a calagem, reduz-se a toxidez do alumínio, que será neutralizado.
 
3) Elevar os teores de Ca2+ e Mg2+ ou V
 
Ao elevar os teores de cálcio e magnésio, também se eleva a saturação por bases. Com isso, se satisfaz a planta de café com uma quantidade de cálcio e magnésio que será suficiente para atingir elevada produtividade. Lembrando que é preciso avaliar a saturação e os teores absolutos de cálcio e magnésio no solo. 

 
Mais informações: 
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 

Durante este curso, André Guarçoni -pesquisador do Incaper- ensinará aos alunos como evitar esses erros para garantir máxima produtividade do cafeeiro.

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?