Melhores áreas para o plantio de café: como escolher?

Postado em: 30/09/2021 - 2 min de leitura

Melhores áreas para o plantio de café: como escolher?
Como o café é uma cultura perene, a fase inicial de escolha sobre onde plantar influenciará durante um longo período, pois a lavoura dura cerca de 20 a 30 anos. Dessa forma, caso se conclua que a lavoura de café foi mal implantada ou houve erro na escolha do terreno, da área ou da variedade, será necessário abandonar a lavoura mais cedo, o que gerará prejuízo financeiro.
 
A formação da lavoura inclui desde o plantio até cerca de dois anos e meio, quando ocorre a primeira produção significativa.
 
O plantio de café pode ser feito em duas condições:
 
- Em propriedades que já possuem a cultura.
 
Nesse caso, o plantio substituirá lavouras velhas, o que é altamente indicado, já que o café vai reduzindo a produtividade conforme as plantas vão envelhecendo.
 
- Em novas propriedades.
 
Nesse caso, são agricultores ou empresários de outros setores que querem entrar na cafeicultura.
 
Nessa segunda situação, a escolha do local para se iniciar uma plantação de café deve ser feita em dois níveis:
 
1) Técnico-econômico
 
Aqui, consideram-se fatores ligados à economia para decidir onde vai ser feita a nova lavoura. O café no Brasil sempre evolui em ciclos. Se é plantada uma grande quantidade, em um determinado momento haverá uma plantação excessiva, baixando um pouco o preço e levando em alguns casos ao abandono ou maltrato da lavoura. Essa primeira parte se chama ciclo de expansão.
 
À medida que o preço do café cai, devido a relação com o custo de produção desfavorável, ocorre uma fase de retração.

=> Se quiser aprender mais sobre este tema, acesse o curso Plantio do café: práticas para formação do cafezal produtivo. O curso é dividido em duas partes: Parte 1 e Parte 2. O curso pode ser adquirido individualmente ou você pode optar por assinar a plataforma EducaPoint, tendo acesso a todos os cursos disponíveis (mais de 240!) por um preço único. Clique aqui para assinar.
 
No passado, um fator muito importante era contar com terra de mata, que tinha boa fertilidade. Hoje, no entanto, a cafeicultura ocupa áreas de solos pobres. Isso exige maior investimento em insumos, equipamentos e tecnologia. Assim, quando se vai escolher a propriedade para plantar café, deve-se considerar a disponibilidade desses fatores de produção na região. Os fatores são:
 
- Custo mais baixo da terra;
- Áreas planas;
- Boa infra-estrutura regional;
- Pólos cafeeiros já implantados;
- Outorga de água em regiões que precisam de irrigação;
- Financiamentos e/ou incentivos fiscais;
- Contar com consultoria/assistência técnica.
 
Todos esses fatores precisam ser considerados levando em consideração o sistema que será implantado. No caso da cafeicultura empresarial, os fatores mais importantes são área, custos, mecanização. Já no caso dos médios e pequenos cafeicultores, que são os mais preponderantes no Brasil, esses fatores são menos importantes. Por fim, na agricultura familiar, o cultivo pode até ser feito em área montanhosa.
 
Cada fator desse precisa ser analisado em conjunto dentro do tipo de cafeicultura que será adotado.
 
2) Agronômico
 
Além das condições econômicas, devem ser levadas em consideração as agronômicas, da área da propriedade onde será plantado o café. Aqui, incluem-se fatores como clima e solo, que precisam considerados para que se tenha menos problemas futuros na lavoura.

Mais informações: 
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 

O curso é dividido em duas partes. Na primeira parte, o engenheiro agrônomo e pesquisador da Fundação Procafé, José Braz Matiello, ensina como escolher a área ideal para plantio do cafezal, e os primeiros tratos culturais importantes para o estabelecimento de uma lavoura produtiva, dentre muitas outras coisas. Já na segunda parte, o instrutor ensina como realizar o plantio e os principais cuidados com as plantas jovens do café, fornece algumas recomendações básicas para a escolha da variedade que melhor se adapte ao sistema de produção, quais os principais tipos de plantio e a melhor forma de fazê-lo.

Conheça a maior plataforma do agronegócio, acesse nossos cursos gratuitos!