10 dicas para falar em público!

Postado em: 29/07/2022 - 6 min de leitura

10 dicas para falar em público!
Falar em público é uma habilidade útil, seja para eventos pessoais ou apresentações profissionais. Mesmo que você não faça apresentações regulares na frente de um grupo, desenvolver fortes habilidades de oratória pode ajudá-lo a lidar e melhorar sua confiança geral em situações emocionais ou estressantes.

Aqui vão algumas dicas para falar em público.

1. Conheça seu público

Faça alguma pesquisa sobre as pessoas que vão ouvir sua apresentação. Isso pode ajudar a informar o que você diz e como você diz. Considerar:
  • Características predominantes (faixa etária, sexo – qualquer coisa que possa afetar a forma como eles percebem sua mensagem e entrega);
  • Familiaridade ou experiência do público com o seu tópico: nivele os horizontes situacionais Por exemplo, não aborreça uma sala cheia de especialistas com o básico. Da mesma forma, se seu público for novo no tópico, preencha as lacunas para que você possa começar em pé de igualdade;
  • O propósito em ouvir seu discurso: porque eles estão aqui?
  • Expectativas do público: como sua apresentação irá beneficiá-los? O que eles podem ganhar com seu investimento de tempo?

2. Conheça seu material

Aprenda tudo o que puder sobre o assunto. Seja uma autoridade confiável em que seu público possa confiar. Se você está apresentando uma determinada posição, sua paixão pode ajudar a envolver e motivar seu público.

Tornar-se um especialista no assunto reduzirá sua dependência de anotações e flashcards, que podem distrair seu público. Também o ajudará a apresentar de uma maneira que pareça natural, não forçada ou robótica.

Se você estiver respondendo a perguntas depois, não se preocupe se não souber todas as respostas. Tudo bem não saber tudo, e seu público não espera que você saiba. Basta dizer que você gostaria de pesquisar mais sobre a questão para poder dar a resposta mais informativa possível.

3. Conquiste e mantenha a atenção deles

Você tem cerca de 60 segundos para apresentar seu tópico e chamar a atenção do público. Use esse tempo para fazer uma pergunta retórica instigante, contar uma história cativante ou compartilhar uma estatística chocante - qualquer coisa que possa intrigá-los o suficiente para continuar ouvindo. Reconheça seu público assim que subir ao palco para parecer uma pessoa "real" convidando para uma conversa.

Agora que eles estão prestando atenção, trabalhe para mantê-la. Dependendo do público e do tema, o humor pode ser muito eficaz. Envolva seu público em seu discurso, abordando o maior número possível de seus cinco sentidos, mas sem exagerar.



4. Use a respiração diafragmática

Sua voz é sua ferramenta mais importante como orador público. Uma maneira simples de melhorar sua voz é aprender a respirar plena e profundamente pelo diafragma.

A respiração diafragmática, ou respiração abdominal, ajuda você a acessar sua voz mais poderosa. Cantores profissionais usam a técnica para apoiar sua voz cantada e ajudá-los a manter as notas por muito tempo depois que a maioria das pessoas estiver sem fôlego.

Praticar a respiração diafragmática também reduz a sensação de falta de ar causada pela ansiedade da fala. Este tipo de respiração controla os seguintes aspectos da sua voz:
  • Tom (qualidade)
  • Afinação (alta ou baixa)
  • Volume
Antes de seu discurso, coloque uma mão em seu abdômen e respire em sua mão. Conte até 10 ao inspirar e encher o estômago, depois conte até 10 novamente ao expirar. Lembre-se de respirar pelo diafragma enquanto fala.

5. Use uma linguagem corporal eficaz

A linguagem corporal ajuda você a se comunicar sem palavras. A combinação de expressões faciais, gestos e movimentos transmite o que está acontecendo em sua mente. Pratique uma linguagem corporal forte e confiante para alimentar sua apresentação:

  • Ficar em pé. Se você é fisicamente capaz de ficar em pé, faça isso.
  • Transmita confiança. Se você se sentir ansioso ou estressado antes de sua apresentação, reserve um momento para ficar em uma posição poderosa. Fazer isso por apenas alguns minutos pode aumentar seu nível de testosterona e aumentar sua autoconfiança, ao mesmo tempo em que reduz a ansiedade e o cortisol. Uma das poses de poder mais populares é a pose de "super-herói": coloque as mãos nos quadris, mantenha o queixo erguido e empurre o peito para fora.
  • Seja expressivo com o rosto. Suas expressões faciais devem corresponder à sua mensagem. Se você estiver fazendo um discurso otimista, use um olhar relaxado e alegre em seu rosto. Se apropriado, tente sorrir, mesmo que não esteja com vontade – isso pode ajudar a melhorar seu humor.
  • Caminhe ou mova-se se isso ajudar na sua entrega. Mover-se casualmente pode ajudá-lo a desestressar e manter seu público seguindo sua mensagem.
  • Se preferir ficar em um só lugar, mantenha uma postura alta e forte. Se estiver em pé, tente não deslocar o peso de um lado para o outro; pode ter um efeito hipnótico em seu público.
6. Faça contato visual

Conecte-se visualmente com os indivíduos do seu público. Se eles se sentirem vistos, é mais provável que você seja ouvido. Além disso, o contato visual transmite sinceridade, empatia, honestidade e intimidade.

Comece com um rosto amigável e finja que está falando apenas com eles. Em seguida, passe para a próxima face. Se você está se sentindo tímido ou ansioso, isso pode exigir alguma prática, mas vale a pena.

7. Fale devagar

Fale rápido demais e você parecerá nervoso e difícil de entender. Fale muito devagar e você correrá o risco de colocar seu público para dormir.

Para medir o tempo de sua fala, dê um minuto de sua fala (use um cronômetro para cronometrar isso). Em seguida, conte o número de palavras que você falou naquele tempo. A taxa de fala mais eficaz para uma apresentação é de cerca de 140 palavras por minuto - um pouco mais lenta do que a fala normal.

Falar mais devagar também o ajudará a articular claramente.

8. Não preencha as pausas

Grandes oradores públicos costumam fazer uma pausa de dois ou três segundos (ou até mais) entre os pensamentos. Uma pausa bem colocada pode:
  • Dar tempo ao público para digerir o que você disse;
  • Ajudá-lo a parecer confiante e no controle;
  • Transmitir drama, consideração, emoção ou a importância do ponto que você acabou de fazer.
Não se sinta obrigado a preencher pausas com "um", "ah", "sabe" e "tipo". Esses preenchimentos comuns podem diminuir sua credibilidade, distrair sua mensagem e fazer você parecer ansioso. Em vez disso, tente deixar as pausas existirem naturalmente.

9. Peça feedback

Após seu discurso, solicite feedback. Por exemplo, distribua uma breve pesquisa ou simplesmente pergunte ao seu público: "Há algo que eu possa melhorar nesta apresentação para ajudar sua compreensão do [tópico]?" As respostas podem ajudá-lo a identificar áreas nas quais você precisa melhorar e, assim, aprimorar suas habilidades de falar em público.

Leia mais: Medo de falar em público? Entenda porque praticar é uma ótima opção!

10. Pratique, pratique, pratique

Agora que você juntou tudo, pratique fazer seu discurso na frente de um espelho, usando todas as dicas aqui. Melhor ainda, faça um teste para alguns amigos que podem criar distrações, fazer perguntas e fornecer feedback. Considere gravar a si mesmo para que você possa ver a apresentação da perspectiva do público e suavizar os pontos ásperos.

Se você sentir que está faltando presença de palco, veja clipes de palestrantes que você admira. Tente imitar partes de seu estilo que podem funcionar para você. Mas mais importante do que imitar o estilo de outra pessoa ou aderir às chamadas "regras" de apresentação é praticar a confiança até se sentir confiante.

As informações são da Verywell Mind, traduzidas e adaptadas pela Equipe EducaPoint.

Mais informações: 
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 

Conheça a maior plataforma do agronegócio, acesse nossos cursos gratuitos!