Em que horários as pessoas estão estudando online no agronegócio?

Postado em: 30/07/2019 - 2 min de leitura

   Uma das vantagens do treinamento online é a flexibilidade de o aluno poder estudar no horário que melhor lhe convier. Essa vantagem, no entanto, pode se converter em problema, principalmente no ambiente corporativo, quando a empresa demanda a realização de cursos que, por causa das outras atribuições, são feitos fora do horário comercial.

   O gráfico abaixo mostra a frequência de cursos realizados por um cliente do agronegócio na nossa plataforma EducaPoint, com quase 150 cursos aplicados voltados ao profissional do agronegócio. Este cliente tem toda a sua equipe de campo utilizando o EducaPoint. É definido um plano de estudos mensal e os alunos precisam (ou devem) cumprir este plano, havendo inclusive influência desse aprendizado em seus respectivos planos de desenvolvimento profissional. O que os dados mostram?

    Cerca de 55% das ocorrências (isto é, acessos aos cursos) ocorreu dentro do chamado horário comercial, das 8 às 18 horas. Observação: aqui não estão sendo separados os acessos em finais de semana e feriados, o que está exposto mais adiante.

    Por volta de 11% dos acessos ocorreram das 18 às 20 horas e quase 35% das 20 horas as 8 da manhã. Com efeito, o horário de pico em todo o dia foi das 22 às 23 horas. Claro que há quem seja mais produtivo nesses horários, mas em se tratando de funcionários de empresas, é bem provável que o treinamento online está ocorrendo após (ou antes) da dura jornada diária de trabalho, no horário que cabe, e não exatamente porque se trata do momento de maior produtividade individual.

    Nestas condições, ficam as seguintes perguntas:
    - Será que o aproveitamento está sendo o que deveria ser, já que muito provavelmente o profissional está cansado após o dia de trabalho?
      - Como será, no longo prazo, a relação dele com o aprendizado online: verá como um aliado importante, que lhe proporcionará conhecimento extra com otimização do tempo, ou mais uma tarefa a ser cumprida?

    O ideal, sem dúvida, é que assim como o treinamento presencial faz parte da rotina profissional, “substituindo” um período regular de trabalho (afinal: não se espera um treinamento presencial das 20 as 8 horas do dia seguinte!), o mesmo deverá ocorrer com o online: é necessário separar espaços dentro da agenda de trabalho para a capacitação, e não encarar a atividade como um “extra”, sendo feito quando dá ou em horários que não permitem o melhor aproveitamento.

    Não há dúvida que o ensino online no agro vai crescer muito e que, com ele, o aprendizado das pessoas e empresas também aumentará. Com milhares de alunos e 2 anos de experiência, nossa equipe tem aprendido muito, ajudando os clientes a de fato ter resultados cada vez mais consistentes nessa modalidade de ensino que só cresce no mundo.
Marcelo de Carvalho
CEO AgriPoint

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?