O lado bom de receber feedback

Postado em: 07/02/2017 - 2 min de leitura

* por Maria Thereza Rezende, produtora rural, zootecnista, palestrante e consultora em gestão de pessoas

Gostaria de dar um feedback para você”.

Dependendo da situação ou de quem diz essa frase, ela provoca reações diversas em nós. Às vezes é uma reação de desconforto e um pensamento “ai meu Deus, lá vem bomba”. Ou uma reação de indiferença: “Ih, lá vem abobrinha”. Ou de rejeição: “Não quero saber!” Ou, talvez, de ansiedade: “O que será que essa pessoa vai me falar?".

Se considerarmos o feedback como uma simples informação, nossa reação poderia ser de simples receptividade: “Fala que eu te escuto”. Porque independentemente de ser uma crítica ou elogio, ter tudo ou nada a ver, de concordarmos ou não, o comentário do outro é uma informação de como ele percebe nossas atitudes. Podemos receber essa informação sem prejulgá-la, analisá-la e concluir se ela nos serve. Eu sei, não é tão simples assim…

Nossas reações de desconforto, indiferença, rejeição ou ansiedade se devem ao receio do ego de que lhe apontem uma falha. Antes que o outro consiga abrir a boca para dar o feedback, o ego já está imaginando mil coisas.

Quando então a pessoa começa a falar e percebemos que é um feedback do tipo “de desenvolvimento” (negativo), ele trata rapidamente de pensar em justificativas ou respostas para o que a pessoa diz. Agindo assim, o ego não ouve direito, não permite o aprofundamento da conversa nem tira proveito das informações para refletir depois.

Mas como eu ia dizendo, se consideramos o feedback como simples informação, podemos ouvir com atenção, fazer perguntas para compreender melhor, agradecer e refletir. De repente, a informação é mesmo útil, desperta nossa atenção para algo que não estávamos percebendo, permite uma correção de rota.

Esse é o lado bom de receber feedback. E o lado ruim? De novo, se consideramos o feedback como simples informação, não há lado ruim. Mesmo que a informação não lhe sirva, você não perdeu nada, nem tempo, pois ouvir o outro é sempre uma atitude de consideração e respeito.
Mais uma ideia para terminar: não receber feedback também é um feedback. Por que não pedir então?

Para saber mais sobre este tema e conhecer as técnicas corretas para aplicar e receber feedbacks, participe do curso online “Recrutamento e desenvolvimento de colaboradores em propriedades rurais”, com a produtora de leite e especialista em gestão de pessoas , Maria Thereza Rezende.

Durante o curso, Maria Thereza, ensinará como ter uma equipe eficiente para trabalhar em sua propriedade, abordando as etapas desde a contratação de colaboradores até o acolhimento e desenvolvimento dos profissionais contratados.

Sobre o EducaPoint

O EducaPoint é a maior plataforma de ensino online voltada ao agronegócio, oferece um amplo portfólio de cursos, ministrados por profissionais que fazem a diferença no campo. Os assinantes podem acessar todas as aulas de forma ilimitada, quantas vezes quiserem e de onde estiverem, pelo período em que a assinatura estiver vigente.

É uma ferramenta essencial para todos que buscam desenvolver novas habilidades técnicas e gerenciais. As informações e conhecimentos apresentados são de alto nível, e se aplicadas com sabedoria, podem levar os usuários a um novo patamar nos negócios.


Mais informações:
contato@educapoint.com.br
(19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082
 

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?