9 dicas para manter a produtividade em casa

Postado em: 08/06/2019 - 5 min de leitura

Não tem como negar, a pandemia do COVID-19 alterou (e muito!) a forma de se trabalhar. E com uma parcela relevante das funções passando para o home office, tivemos que reaprender a trabalhar em um novo ambiente. Nesse novo contexto, dividindo o espaço de trabalho com novas pessoas (a família) e mais longe dos colegas da equipe, muitos têm reclamado da queda da produtividade. Por isso, separamos algumas dicas que têm nos ajudado durante esse período de isolamento. Espero que te ajude também!

1. Se prepare para trabalhar

Essa dica parece um pouco boba, mas na verdade é a chave para a produtividade. Procure um bom lugar para trabalhar, calmo e confortável, no qual você consiga focar com maior facilidade. O ambiente também tem muita influência para que você tenha uma rotina (e hábitos) mais equilibrados.
Tente seguir uma rotina equilibrada, mantendo os mesmos horários e buscando também manter pausas para o almoço e para o café. Não se esqueça também de cuidar de você: nada de trabalhar de pijama!

2. Cuidado com a enxurrada de informações

Durante a quarentena estamos recebendo todo dia um turbilhão de informações. A todo momento surge uma nova notificação no WhatsApp ou atualizações de notícias importantes em sites e na televisão. Por isso, é importante que você separe um período para se inteirar sobre tudo o que está acontecendo no mundo.
Evite ficar entrando constantemente em sites de notícias ou olhar a todo o momento para o WhatsApp. Além de reduzir sua produtividade, esse hábito pode contribuir para o aumento da sua ansiedade.
Outra dica legal, dada pela Forbes, é escolher apenas uma fonte de notícias e pré-determinar quanto tempo você passará se informando.

3. Reveja suas notificações

Nesse atual cenário, o WhatsApp, mais do que nunca, se tornou uma ferramenta de trabalho. Mas, ao mesmo tempo, cada vez mais recebemos mensagens de grupos, de amigos e família. Enquanto estiver em horário de trabalho, tente silenciar suas notificações e só deixar ativas, aquelas realmente relevantes para sua função.
Também, aproveite para revisar os aplicativos que vêm te mandando notificações. Reserve um tempo para desativar aquelas mais insistentes, que acabam te atrapalhando mais do que ajudando.
Alguns sistemas operacionais, ainda, têm a opção do “não perturbe”, que desativa todas as notificações enquanto estiver habilitado e pode ser de grande ajuda em alguns casos!

4. Planejamento é mais importante que a execução

Essa dica não serve apenas para o tempo da quarentena, mas importante frisar nesse momento: planeje-se!
Mas, calma, planejamento não é simplesmente colocar todas as tarefas em uma lista. Para não se sentir perdido em meio a todas as suas atividades e prazos, é importante priorizar as ações que são mais relevantes para o seu resultado, além de respeitar, claro, suas datas de entrega.
Uma forma interessante de priorizar as atividades é a matriz GUT, ou matriz de priorização de processos. Ela te ajuda a pontuar suas demandas com base em sua gravidade, urgência e sua tendência ao longo do tempo.
Também é interessante separar um tempo todo início da semana para delimitar minhas prioridades e fechar o seu calendário. Lembre-se de guardar pelo menos 20% do seu tempo para demandas que surgirem de última hora. Caso imprevistos e urgências não surjam, aproveite esse momento para refletir sobre suas tarefas e quais realmente são necessárias (e em que periodicidade) ou para ficar por dentro das principais tendências do seu setor – e quem saber tirar alguns insights para o seu negócio.
Ao final da semana é importante monitorar seus resultados. Consegui fazer tudo o que estava planejado? Por quê? Mais importante ainda é ter em mente a contribuição de cada atribuição para a relevância do seu negócio. Isso pode te ajudar a ter uma ideia melhor do que efetivamente está gerando resultados positivos e o que pode ser repensado.

5. Utilize ferramentas para te ajudar na priorização e produtividade

São muitas as ferramentas e aplicativos disponíveis para te ajudar a controlar melhor o seu tempo e a gerenciar suas tarefas.
Um gerenciador muito interessante é o Todoist, que te ajuda a organizar e priorizar suas tarefas diárias, além de possibilitar o compartilhamento de atividades entre membros da equipe. É possível ainda visualizar seu progresso e sua tendência de produtividade.
Já o StayFocused é uma extensão do Google Chrome que limita o tempo que você passa em determinados domínios ou páginas. Basta definir o tempo máximo de acesso por dia e, ao estourá-lo, o site fica indisponível para você.
Outra ferramenta muito utilizada é o Trello, que permite criar quadros de tarefas, marcá-los com etiquetas coloridas, adicionar checklists, além especificar datas de entregas e responsáveis por cada atividade.

6. Faça reuniões frequentes com sua equipe

Com cada membro da equipe em um lugar, fica mais complicado gerenciar o dia a dia e as atividades da equipe. Por isso, é muito importante ter certeza de que todos estão na mesma página e, também, se algo está interferindo no cumprimento de alguma tarefa.
Com a minha equipe, faço reuniões diárias de acompanhamento. Isso vem ajudando muito a produtividade de todos e a definição de prioridades. Além disso, buscamos montar metas compartilhadas que possam contribuir com a colaboração e crescimento da equipe, como um todo.
A reunião dura em média 15 minutos e tem como pontos principais: entender como está o mercado (e o desempenho da nossa solução), entender como evoluem os principais projetos e tarefas, além de rever as prioridades e os próximos passos de cada um.

7. Respeite o seu estado mental

Nosso estado mental varia ao longo do dia: algumas pessoas tem maior foco pela manhã, outras, durante a tarde ou a noite. Não existe uma regra – e isso é normal!
Por isso, caso tenha certa flexibilidade, ajuste suas demandas com base no seu estado mental. Deixe as tarefas mais importantes, ou que exijam mais atenção, para o período de maior foco e as atividades que demandam maior criatividade e interação para períodos em que se sinta naturalmente um pouco mais dispersos.

8. Descanse!

Nada mais justo do que levar em consideração um momento para você. Muitas vezes, quando estamos em casa, é mais difícil nos desligar do trabalho. Mas lembre-se que horas trabalhadas por si só não trazem resultado, mas sim o quanto consegue produzir enquanto está trabalhando.

9. Estude sobre produtividade

O EducaPoint possui ótimos cursos que contemplam o aumento da produtividade. O curso Produtividade pessoal: um guia rápido, do CEO da AgriPoint Marcelo Pereira de Carvalho,  nos ensina como organizar seu tempo a aumentar a tão desejada produtividade pessoal. Além disso, o curso Produtividade avançada e gestão de hábitos, do Daniel Scott, aborda os princípios de priorização, propósito e planejamento. 

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?