5 pontos-chave para comprar forragem pré-secada sem erro!

Postado em: 15/07/2020 - 2 min de leitura

5 pontos-chave para comprar forragem pré-secada sem erro!
É comum, em propriedades leiteiras, que os produtores comprem a forragem pré-secada ao invés de produzí-la internamente na fazenda. Sendo uma ótima opção de volumoso para compor a dieta dos bovinos, esse produto passou a ter mais comercialização, o que se tornou viável graças à sua ensilagem em fardos rendondos (em bola).

Esse mercado cresce significativamente. As vantagens desse processao são:

- Pode ser uma oportunidade de negócio para o agricultor;
- Pode ser uma opção interessante na região Sul. Ao invés de fazer uma lavoura de inverno, como trigo, pode ser produzida aveia ou azevém, com isso sendo transformado em pré-secado, que pode ser comercializado.

Porém, o produtor pode cometer alguns erros na hora de comprar o pré-secado, acarretando em prejuízos ao sistema produtivo.
 
Confira os pontos que você deve ficar atento na hora de comprar o volumoso:
 
1 - Observe o teor da matéria seca.

Procure entender, junto ao vendedor, qual é a porcentagem de matéria seca e qual a porcentagem de água. Dessa forma, você conseguirá saber quanto está levando, de fato, de forragem e nutrientes.
 
2 - Não faça a compra baseada no peso do produto.

Muitos produtores tendem a comprar se baseando apenas no peso, ou seja, buscam comprar a bola mais pesada pello menor preço. Porém, essa não é uma forma correta de pensar. Por ser uma silagem pré-secada, o ideal seria que o produto tivesse de 40% a 50% de forragem. 

Se o produtor adquire uma forragem com menos de 45% de matéria seca, mais da metade do peso da bola é água! Essa água irá ser um peso a mais na hora de fazer o transporte do produto, e não representa a parte nutritiva do mesmo.

Imagine uma bola de 400 quilos. Se ela tem 50% de matéria seca, 200 quilos são alimento e 200 quilos são água. Se a forragem tiver, por exemplo, 20% de proteína, isso significa que são 20% dos 200 quilos - 40 quilos de proteína.



=> Aprenda muito mais sobre esse tema no curso  Forragem pré-secada: produção, armazenamento e uso na dieta de bovinos. O curso pode ser adquirido individualmente ou você pode optar por assinar a plataforma EducaPoint, tendo acesso a todos os cursos disponíveis (mais de 180!) por um preço único. Clique aqui e veja como assinar.
 
3 - Avalie visualmente a qualidade da forragem.

Ao abrir a bola de pré-secado, observe se há presença de fungos ou bolor. Esse problema é um indicativo de que a forragem foi mal compactada.
 
4 - Observe o revestimento plástico.

O ideal é que haja pelo menos 6 camadas de plástico revestindo a bola. Se a cobertura não for suficiente, ocorrerá penetração de ar na matéria ensilada, o que gera degradação.
 
5 - Perceba se o odor está agradável.

Quando a forragem tem bolor, exala um cheiro característico. Essa avaliação pode indicar que ela não está bem conservada.

Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?