Blog EducaPoint

Gramíneas C3 e C4: você sabe a diferença?

Postado em 28/01/2020 - 8 min de leitura Gramíneas C3 e C4: você sabe a diferença?
Por meio da fotossíntese, as plantas superiores em geral, e até mesmo algas e alguns tipos de bactérias, convertem a energia física da luz solar em energia química. Este processo é essencial para a manutenção de todas as formas de vida. Quanto ao mecanismo de redução do CO2, ou seja, a fase bioquímica d a ...

Frações da planta de milho: quais as possibilidades de uso na silagem?

Postado em 13/09/2018 - 4 min de leitura Frações da planta de milho: quais as possibilidades de uso na silagem?
Produzir silagem de milho de qualidade, é um desafio para muitos produtores. Com as inovações que vem surgindo no mercado, fica cada vez mais difícil selecionar qual tipo de silagem utilizar e como produzir. A capacidade de colher a planta de forma fracionada, permite a produção de outros produtos a partir da planta de milho como: earlage, snaplage,...

Forragem pré-secada: é viável incluí-la no planejamento forrageiro?

Postado em 19/04/2018 - 2 min de leitura Forragem pré-secada: é viável incluí-la no planejamento forrageiro?
É comum, em propriedades leiteiras, que os produtores comprem a forragem pré-secada ao invés de produzí-la internamente na fazenda. Mas sempre surge a dúvida: quando é viável produzir a silagem pré-secada?

Forragem pré-secada: como produzir e conservar este volumoso de forma adequada?

Postado em 05/10/2017 - 1 min de leitura Forragem pré-secada: como produzir e conservar este volumoso de forma adequada?
A forragem pré-secada é uma ótima opção de volumoso para compor a dieta de bovinos, e deve ser incluída no planejamento forrageiro da propriedade. A remoção parcial de água da planta, através da pré-secagem, proporciona condições ideais para uma boa fermentação, permitindo assim que a forragem possa ser armazenada e utilizada na alimentação dos animais...

Forrageiras temperadas podem melhorar dieta dos animais no inverno

Postado em 07/04/2020 - 2 min de leitura Forrageiras temperadas podem melhorar dieta dos animais no inverno
As forrageiras de inverno são alternativas adequadas para a implantação durante o outono, com vistas à utilização no inverno e início da primavera em áreas com quantidade apropriada de chuvas ou, quando é possível, com o uso de irrigação. Saiba mais!

Forrageiras de inverno: melhor desempenho dos animais

Postado em 10/05/2019 - 7 min de leitura Forrageiras de inverno: melhor desempenho dos animais
A produção de forragem no inverno, frio e seco em algumas regiões do país, se torna um gargalo para atividade pecuária. Cultivar espécies de clima temperado é uma alternativa para contornar a escassez de alimentos resultante das condições climáticas durante esse período. Saiba como!

Fertirrigação: vantagens e limitações

Postado em 21/01/2020 - 4 min de leitura Fertirrigação: vantagens e limitações
A fertirrigação é a utilização do próprio sistema de irrigação como condutor e distribuidor de adubos juntamente com a água de irrigação. Não só adubos são aplicados por meio da água de irrigação pois também inseticidas, fungicidas, herbicidas, reguladores de crescimento são conduzidos e aplicados e a prática de forma generalizada passou a ser...

Fenação: conheça as três etapas desse processo

Postado em 14/06/2018 - 3 min de leitura Fenação: conheça as três etapas desse processo
Existem, basicamente, três etapas do processo de fenação: corte, espalhamento/revolvimento para secagem e enfardamento. Confira!

Fatores que determinam o potencial produtivo em pastagens irrigadas

Postado em 12/12/2017 - 1 min de leitura Fatores que determinam o potencial produtivo em pastagens irrigadas
O potencial produtivo de pastagens irrigadas, é determinado por diversas variáveis. Acesse para conhecê-las!

Esteja ciente dos riscos de micotoxinas em silagens novas

Postado em 08/01/2021 - 2 min de leitura Esteja ciente dos riscos de micotoxinas em silagens novas
Quando o produtor de leite for utilizar silagem de milho recém-fermentada, é importante prestar atenção aos potenciais de níveis acima da média de fungos e micotoxinas. O primeiro passo para avaliar o risco de sua silagem ter um alto nível de micotoxinas é avaliar as condições durante a colheita.