Quais os impactos da nutrição da vaca na formação de fibras musculares no feto?

Postado em: 24/01/2019 - 2 min de leitura

Quais os impactos da nutrição da vaca na formação de fibras musculares no feto?
Diversas pesquisas têm sido realizadas para demonstrar que a nutrição de vacas durante a gestação tem impactos diretos no desempenho futuro dos bezerros. Entre eles, podemos citar os impactos no desenvolvimento fetal, na imunidade, no peso à desmama, no ganho de peso, na qualidade da carcaça, na fertilidade, entre outros.

Sabe-se que 75-80% do crescimento fetal se dá no último terço de gestação e, por este motivo, muitos acreditavam que este era o momento crucial para se investir na nutrição e suplementação das fêmeas gestantes, negligenciando os terços inicial e intermediário da gestação.

No entanto, o primeiro e segundo terços de gestação são muito importantes no desempenho futuro do bezerro. No primeiro trimestre, por exemplo, ocorre a formação da placenta – que é o “veículo” de transferência de nutrientes da mãe para o feto. É nesta fase também que os órgãos do feto são formados, e quando ocorre a primeira onda de formação de fibras musculares (miogênese).

No segundo trimestre de gestação ocorre uma segunda onda de formação de fibras musculares. Ou seja, a hiperplasia ocorre apenas nestes dois momentos da formação do feto: primeiro e segundo trimestres de gestação. A partir desta fase, não é possível produzir mais fibras musculares, como mostra a Figura abaixo.

Assim, depois que o bezerro nasce, não é possível aumentar o número de fibras musculares da sua carcaça, apenas proporcionar o crescimento das fibras já existente (hipertrofia). Desta forma, uma restrição nutricional da fêmea no primeiro e segundo terços de gestação reduz a miogênese, diminuindo o número de fibras musculares e massa do feto.

Já no terço final de gestação ocorre a hipertrofia muscular, bem como a formação da massa de gordura (adipogênese). Assim, uma restrição nutricional da fêmea gestante, nesta fase, reduz a adipogênese e, consequentemente, o marmoreio muscular. Além disso, reduz a hipertrofia e, com isso, o peso ao nascimento.

Assim, fica claro que qualquer restrição alimentar no primeiro e no segundo terço da gestação afeta o crescimento muscular desse animal em sua vida produtiva.

Se quiser saber mais sobre programação fetal, acesse o artigo abaixo:

Programação fetal: por que é importante entender?

Se quiser entender melhor como a nutrição e a suplementação das vacas - nos diferentes estágios de gestação - podem comprometer os resultados em produção, reprodução e sanidade da progênie, confira o conteúdo completo do curso on-line Impactos da nutrição materna no desempenho futuro do bezerro, ministrado pelo Pesquisador Associado da Oregon State University, Rodrigo Marques.

O curso faz parte da plataforma EducaPoint, que já oferece mais de 140 cursos diferentes! Você pode participar, escolhendo adquirir apenas um curso, ou garantir o acesso a todos os cursos disponíveis por meio da assinatura! Confira os planos. 

Mais informações:

contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 
www.educapoint.com.br
Baixe o aplicativo para celular

Dúvidas, críticas ou sugestões de temas? Envie um e-mail para  contato@educapoint.com.br

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?