Nutrição é chave para manter a saúde do rebanho durante a seca

Postado em: 14/01/2022 - 2 min de leitura

Nutrição é chave para manter a saúde do rebanho durante a seca
A nutrição é essencial em condições normais de pastagem, mas quando a disponibilidade de forragem é limitada, garantir que vacas e novilhas recebam os nutrientes adequados se torna ainda mais crítico.

Em dezembro, o clima foi impactado fortemente pelo fenômeno La Niña, que provocou seca na região centro-sul do Brasil, com volume de chuvas abaixo do esperado para o período. Dados da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul apontam que essa já pode ser considerada a maior seca dos últimos 17 anos.
 
À medida que as condições de seca continuam, ser proativo com a suplementação pode ajudar a aliviar possíveis problemas de saúde no rebanho.
 
Durante a seca, a energia se torna nosso nutriente limitante. É preciso entender que o simples fornecimento de proteína suplementar pode resultar em um desaparecimento mais rápido da forragem restante, o que complica ainda mais outros desafios.
 
Considere alimentação complementar
 
A manutenção da condição corporal em vacas e novilhas é crucial para a reprodução e alimentação do bezerro. Em condições secas, os níveis de minerais nas forragens podem ser reduzidos, de modo que grãos ou rações de subprodutos podem ajudar a atender às demandas nutricionais do rebanho.
 
O gado já está estressado por causa das condições ambientais e da falta de forragem, de forma que deve-se evitar prejudicar seu sistema imunológico ou desempenho reprodutivo por não fornecer esses oligoelementos específicos para essas funções.
 
Consultar um nutricionista pode ser útil para garantir que o gado seja adequadamente suplementado para atender às necessidades de energia, proteína e minerais do rebanho.

=> Se quiser aprender mais sobre este tema, acesse o curso Suplementação proteica no período da seca. O curso é exclusivo para assinantes da plataforma EducaPoint. Clique aqui para assinar.
 
Monitore a saúde do rebanho
 
Quando a pastagem está em falta, o risco é maior para o gado ser afetado por parasitas. Trabalhe com um veterinário para implementar uma estratégia estratégica de controle de parasitas que melhor corresponda às suas metas de produção e aos ciclos de vida dos parasitas.
 
Minimizar as áreas onde os animais se reúnem, com maior atenção ao manejo das moscas, é eficaz no controle de parasitas.
 
Como o gado em condições de seca já é desafiado, prestar atenção especial ao rebanho pode ajudar a evitar possíveis doenças, como anaplasmose e doença respiratória bovina (BRD).
 
É importante em vacas mais maduras observar sinais de depressão, letargia e diminuição do apetite. Novilhas de reposição e o rebanho jovem podem ser especialmente vulneráveis ??à BRD, então continuar um regime de imunização é especialmente importante quando o rebanho é desafiado.
 
Durante esse período, os produtores estão gastando mais dinheiro trazendo ração para seu rebanho, mas não precisam economizar nos protocolos que já existem para manter a saúde, nutrição e vacinas. É preciso garantir uma boa base para a resposta imune.
 
Abate se necessário
 
Manter um plano precoce e ativo para gerenciar o rebanho durante a seca ajuda a garantir que as vacas mantenham a condição corporal no outono e inverno. O exame para detectar prenhez antes do normal e o abate disciplinado com base na idade, problemas no úbere e até mesmo no temperamento podem resultar em economias significativas de ração.
 
* Baseado no artigo Nutrition Key to Maintaining Herd Health During Drought.
 
Mais informações: 
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 

Fontes:


Seca em MS: Ministra Tereza Cristina visita regiões afetadas no Estado (https://correiodoestado.com.br/economia/seca-em-ms-ministra-visita-regioes-afetadas-no-estado/395409)


Maior seca dos últimos 17 anos no RS causa destruição na agricultura (https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/meio-ambiente/audio/2022-01/maior-seca-dos-ultimos-17-anos-no-rs-causa-prejuizos-aos-agricultores) 

Nesse curso, o engenheiro agrônomo, Murillo Meschiatti, explica de forma concisa e direta a importância da suplementação dos animais no período da seca, ensinando como escolher o melhor tipo de suplemento que deve ser ofertado aos animais.

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?