Tripanossomíase: conheça a principal forma de transmissão da doença

Postado em: 12/03/2018 - 2 min de leitura

Tripanossomíase: conheça a principal forma de transmissão da doença

Como o Trypanosoma vivax, protozoário causador da tripanossomíase, é transmitido entre os animais do rebanho?

Compartilhamento de agulhas

Em muitos rebanhos leiteiros, ainda é comum o uso de ocitocina, citado pela grande maioria dos pesquisadores como sendo algo que causa a transmissão imediata do Trypanosoma vivax. Um dos maiores problemas da transmissão é o uso de medicamentos intravenosos em vários animais, quando se compartilham agulhas e seringas.

O responsável pela aplicação retira o produto com a seringa, aplica na veia do animal, um pouco de sangue sobra na seringa e na agulha e isso é injetado no próximo animal junto com o produto. Isso facilita muito a transmissão de Trypanosoma vivax e é um dos maiores problemas observados.

Um animal infectado pode infectar vários outros animais:

 

E a doença se espalha rapidamente:

Do ponto de vista epidemiológico, a manutenção desses animais infectados e a aplicação desse produto de um animal para outro, diretamente na veia, faz com que haja uma expansão muito rápida da doença o rebanho, ao ponto de se o rebanho apresentar mais de 20% dos animais infectados, vamos considerar todo o rebanho infectado.

Moscas hematófagas

Outro fator importante na transmissão dessa doença, é a ocorrência de insetos hematófagos. As moscas hematófagas são muito comuns nos rebanhos, mas a capacidade de transmissão por essas moscas, principalmente a mosca dos estábulos (Stomoyx calcitrans) já foi testada, com alguns pesquisadores dizendo que, se aumentam 500 moscas no rebanho, um animal também será infectado.

Na região Centro-Oeste, a mutuca (Tabanus ssp.) também é citada como grande transmissora do Trypanosoma vivax. Entretanto, a importância da mutuca no Sudeste não está plenamente comprovada.

Mosca dos chifres também tem capacidade de transmitir o Trypanosoma vivax, mas essas moscas não se afastam muito dos animais infectados, de modo que a transmissão dentro do rebanho fica limitada ao contato animal com animal. Essa transmissão não deve ser mais alta do que a feita por agulhas contaminadas.

Além disso, qualquer material ou procedimento que favoreça o contato do sangue do animal contaminado com o de um animal não contaminado vai fazer a transmissão do Trypanosoma vivax. Dessa forma, indica-se que qualquer uso de material que seja contaminado com sangue jamais deve ser compartilhado com outros animais.

Essa aula faz parte do conteúdo do curso online “Tripanossomíase: a doença oculta nos rebanhos” disponível no EducaPoint. O curso é apresentado pelo Dr. Fabiano Antonio Cadioli, professor da UNESP de Araçatuba/SP, com vasta experiência em doenças de grandes animais.

Para ter acesso completo ao curso e saber como evitar os inúmeros problemas causados por essa doença no rebanho, basta assinar o EducaPoint!
 

contato@educapoint.com.br

Telefone: (19) 3432-2199

Whatsapp (19) 99817- 4082

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?