Fazenda Campos Bocaina: compost barn confere maior produção, conforto e sanidade

Postado em: 22/03/2018 - 13 min de leitura

A Fazenda Campos Bocaina, em Passos/MG, decidiu em 2014 confinar os animais em produção. Até então, todo o rebanho era mantido em sistema semi-confinado, mas com o crescimento e intensificação da produção, os problemas foram surgindo, especialmente com relação ao barro e ao estresse térmico que os animais sofriam, que por consequência levavam à baixa rentabilidade da propriedade.

A escolha pelo compost barn deu-se após várias discussões e visitas a diferentes propriedades. A razão principal foi o manejo dos dejetos, já que com 120 animais, esse processo encareceria consideravelmente um sistema free-stall. Além disso, o composto orgânico que pode ser usado nas lavouras ajudou na decisão pelo compost barn, aliado à maior simplicidade do sistema e necessidade de um investimento financeiro menor. O sistema foi inaugurado em 2015.

Manejo

Medidas do compost barn da Fazenda Campos Bocaina:

- 5 metros de pé direito;

- Área de cama de 10 m2 por vaca;

- Pista de trato com 3,5 metros de largura, permitindo boa circulação dos animais;

- Os bebedouros são colocados na pista de trato;

- Uma parede entre a área de cama e a pista de trato evita ter umidade na cama, o que prejudicaria o processo de compostagem;

- A instalação tem paredes laterais para não passar a umidade da aspersão para a cama;

- A aspersão permite um resfriamento dos animais no momento em que estão se alimentando;

- A pista de trato é concretada, e os animais permanecem nela enquanto é feito o manejo da cama, quando também recebem aspersão;

- A pista de trato tem 2% de inclinação, de forma que toda água da aspersão é coletada e armazenada em uma lagoa; a limpeza da pista é feita duas vezes ao dia, com a raspagem do piso, e os dejetos coletados são utilizados para fertirrigação da pastagem e da lavoura.

Sistema de aspersão

Manejo da cama

O manejo da cama é feito duas vezes ao dia, mas a fazenda estuda realizá-lo três vezes ao dia. Isso porque, no período da noite, não é passado o subsolador dentro do compost barn, de forma que na primeira ordenha, na madrugada, os escores do filtro de leite ficam mais sujos.

A fazenda utilizava um subsolador comum para fazer a reviragem da cama, mas quando chegava a época de umidade do verão, a cama permanecia com muitos torrões, mesmo usando a grade aradora, que por sua vez acabava tampando o vapor da cama, prejudicando sua secagem.

Foi então que adquiriram um subsolador com a rotativa, que quebra todos os torrões. Isso também ajudou a manter a temperatura ideal do composto, permitindo que os animais deitassem mais, reduzindo assim os problemas de casco.

Subsolador com a rotativa

Outro ponto importante no manejo das camas foi o reposicionamento dos ventiladores, que incialmente foram instalados como num free-stall, mas houve a necessidade de reposicioná-los de forma mais direcionada para a cama, promovendo sua maior secagem.

A profundidade da cama é de 40 cm e sua troca total é feita a cada 12 meses. No entanto, ao longo do ano, não é feita nenhuma reposição de material, devido ao bom manejo diário e secagem promovida pelos ventiladores. Com isso, a fazenda consegue reduzir os custos de manejo da cama, deixando o negócio mais viável financeiramente.

Atualmente, a cama do galpão é à base de palha de café, mas na próxima troca será utilizada a serragem. Com isso, a fazenda espera poder fazer a reposição total num intervalo de tempo maior do que 12 meses.

Vacas deitadas mostram conforto do sistema

Benefícios do compost barn:

- Conforto dos animais;

- Redução de problemas de casco;

- Maior eficiência operacional;

- Melhor observação de cio;

- Melhor acesso dos animais ao alimento;

- Estabilidade da produção e qualidade do leite.

Veja no vídeo abaixo todos os detalhes do sistema de compost barn da Fazenda Campos Bocaina, apresentados por seu proprietário e gestor, Cássio Vieira Vilela:

Quer conhecer mais detalhes sobre o manejo das vacas em lactação no compost barn, as mudanças que permitiram dar um salto nos índices reprodutivos, as melhorias na dieta do rebanho e na qualidade do leite e, principalmente, como é realizada a gestão de pessoas e processos, principais fatores de sucesso da Fazenda Campos Bocaina? Então participe do curso on-line do EducaPoint: Fazenda Campos Bocaina: sucessão e gestão transformam a realidade do negócio familiar.



Mais informações

contato@educapoint.com.br

Telefone: (19) 3432-2199

Whatsapp (19) 99817- 4082

 

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Invista no futuro do seu negócio com o EducaPoint