Custo de produção: por que estimar e como reduzir sem prejudicar a produção de leite?

Postado em: 28/02/2022 - 3 min de leitura

Custo de produção: por que estimar e como reduzir sem prejudicar a produção de leite?
Diversas transformações têm contribuído para que os produtores de leite reflitam sobre a necessidade de administrarem bem a atividade, tornando-se mais eficientes e, consequentemente, competitivos. Um produtor de leite que age como um empreendedor precisa, entre outras coisas, considerar a informação como um insumo de grande importância, conhecer o mundo onde está inserido o seu sistema de produção (da porteira para fora) e também, conhecer bem o seu sistema de produção (da porteira para dentro). 
 
Um dos pontos chave para conhecer seu sistema de produção é saber responder a seguinte pergunta: quanto custa o litro de leite produzido?
 
Por que estimar o custo de produção?  
 
Confira abaixo alguns motivos para fazer isso:
 
- Analisar a rentabilidade da atividade;  
- Reduzir os custos controláveis;  
- Planejar e controlar as operações do sistema de produção;  
- Analisar a viabilidade econômica de tecnologias e determinados insumos;  
- Identificar o ponto de equilíbrio;  
- Realizar projeções futuras;  
- Auxiliar na precificação.
 
Ou seja, estimar o custo de produção é uma ferramenta extremamente útil para auxiliar no processo de tomada de decisões seguras e corretas.
 
Por não conseguir controlar o preço do produto que vende, o produtor necessita administrar as variáveis que estão sob o seu controle. Trata-se de uma estratégia para tornar seu produto competitivo, atingindo menores custos de produção. 
 
Para a maioria dos rebanhos, os quatro custos mais altos são alimentação, mão de obra, depreciação e insumos. Como reduzir os custos sem afetar a produção de leite? 
 
Confira abaixo 5 regras importantes para isso:
 
Regra nº 1: Não corte nada que reduza a produção de leite
 
Isso geralmente é economia ruim. Seu foco deve estar na receita sobre os custos de alimentação. Essa é a sua margem para pagar as outras contas. 
 
Como a alimentação representa de longe sua maior categoria de despesas, gaste algum tempo examinando de perto como você pode reduzir o custo de alimentação por litro de leite. Comece respondendo à pergunta: qual é o seu custo de alimentação por litro de leite? Saiba qual é essa resposta antes de tomar qualquer medida. Trabalhe com seu nutricionista ou outros consultores para determinar seu custo de alimentação.
 
Regra nº 2: Não faça nada que prejudique a taxa de prenhez
 
Além da alimentação e da ordenha, emprenhar as vacas é a coisa mais importante que você precisa fazer para que sua fazenda leiteira continue lucrativa. Vacas vazias na fazenda representam custos de produção sem que haja a produção de leite. Cuide para ter um bom número de vacas em lactação na fazenda.
 
Regra nº 3: Calcule seu custo de alimentação por litro de leite todo mês
 
Comece fazendo isso para as vacas leiteiras e, em seguida, adicione todos os animais da fazenda. Calcule o custo diário da alimentação por cabeça para cada grupo de animais. Então, considerando sua produção e preço do leite, calcule a receita que está tendo por litro de leite.
 
Regra nº 4: A melhor maneira de reduzir o custo da alimentação por litro de é ter maior produção de leite para distribuir o custo
 
Aqui voltamos para a regra nº 2, ou seja, buscar ter um bom número de vacas em lactação no rebanho e evitar ter vacas vazias por falhas na taxa de concepção. É mais provável que você tenha uma produção de leite maior e mais eficiente no início da lactação.
 
Regra nº 5: A melhor maneira de reduzir o custo da ração comprada é ter forragem de maior qualidade
 
A forragem de alta qualidade reduz a necessidade de comprar alimentos e o custo total da alimentação, e aumenta a ingestão e a produção de matéria seca.
 
Se você quiser melhorar a gestão da sua fazenda para alcançar mais lucro, aproveite que o EducaPoint acaba de lançar o curso: Como implantar um sistema de gestão econômica eficiente. No curso, o professor Marcos Aurélio Lopes apresenta de forma simples e dieta quais são os requisitos necessários para implantar um sistema de gestão econômico e eficiente na propriedade leiteira.
 
Confira abaixo um trecho do curso:



O curso pode ser adquirido individualmente ou você pode optar por assinar a plataforma EducaPoint, tendo acesso a todos os cursos disponíveis (mais de 240!) por um preço único. Clique aqui para assinar.
 
Mais informações: 
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 
 
Fontes:

LOPES, M.A.; DIAS, A.S.; CARVALHO, F.de M.; LIMA, A.L.R.; CARDOSO, M.G.; CARMO, E.A.do. Resultados econômicos de sistemas de produção de leite com diferentes níveis tecnológicos na região de Lavras MG nos anos 2004 e 2005. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.33, n.1, p. 252-260, jan./fev. 2009.
 
A Look at Dairy Cost of Production (https://www.dairyherd.com/news-markets/milk-prices/look-dairy-cost-production)
 
Tips for reducing dairy farm expenses (https://www.farmanddairy.com/columns/tips-for-reducing-dairy-farm-expenses/382044.html) 

No direto ao ponto, o professor Marcos Aurélio Lopes apresenta quais são os requisitos necessários para implantar um sistema de gestão econômico e eficiente na propriedade leiteira. Além disso, ele aborda o porquê estimar os custos de produção são importantes e explica alguns cenários que existem dentro da atividade.

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?