Saiba quais são as 4 principais doenças que acometem bezerras leiteiras!

Postado em: 25/03/2022 - 4 min de leitura

Saiba quais são as 4 principais doenças que acometem bezerras leiteiras!
Durante os primeiros dias de vida de uma bezerra, pode haver uma maior incidência de doenças por causa da baixa imunidade. Durante o período do aleitamento e na fase logo após a desmama é quando ocorre a maioria das doenças que acometem as bezerras e quando se tem os maiores índices de mortalidade. 
 
Conhecer as doenças, a forma de prevenção e a forma correta de tratá-las é essencial para o sucesso da atividade.
 
Confira abaixo as 4 principais doenças que acometem bezerras leiteiras:
 
1) Diarreia
 
A diarreia é um sintoma clínico de disfunção do trato digestivo, agindo como um dos principais mecanismos de reação contra bactérias, vírus, protozoários ou dietas com nutrientes não digestíveis. Os patógenos causadores da diarreia estão normalmente presentes na microbiota intestinal das vacas e bezerros.
 
No pré-parto pode ocorrer maior liberação destes microrganismos para o meio ambiente, tornando-se uma fonte de contaminação para a bezerra recém-nascida. Outros animais como cães, gatos e galinhas podem disseminar estes microrganismos, por isso não é recomendável a presença desses animais no bezerreiro e na maternidade. 
 
Diagnóstico 
 
Os casos de diarreia são identificados pela consistência das fezes e pela frequência de defecações. Outro ponto importante é medir a temperatura (acima de 39,4°C o animal está com febre), além da avaliação da condição geral da bezerra e seu grau de desidratação pelo menos uma vez ao dia enquanto durarem os sintomas da doença. 
 
Tratamento 
 
O tratamento com melhor resultado e baixo custo é a hidratação oral sem suspender o fornecimento do leite. Se o animal não apresentar febre,mas apresentar apatia e baixo apetite recomenda-se a aplicação de anti-inflamatório. Caso o animal apresente temperatura acima de 39,4°C ou abaixo de 38,3°C deve ser administrado antibiótico + anti-inflamatório.
 
Todo tratamento deve seguir as orientações recomendadas pelo médico veterinário, como dosagem e dias de tratamento
 
2) Tristeza Parasitária Bovina
 
Ocorre em função da alta incidência de carrapatos e moscas no animal e no ambiente; ou em decorrência da baixa resistência imunológica aos agentes causadores das doenças (Babesia bovis,B. bigeminae – causador da babesiose; Anaplasma marginale - causador da anaplasmose). 
 
Diagnóstico
 
O diagnóstico é feito a partir da observação dos principais sinais clínicos que são: apatia, queda no consumo de alimentos, pelos eriçados, mucosas (vaginal e ocular) pálidas, aumento da frequência respiratória e da temperatura retal. Isso associado ao grande número de carrapatos no ambiente.
 
Tratamento 
 
Hidratação do animal com soro administrado por via oral. O tratamento clínico da babesia e do anaplasma deve ser realizado sempre com orientação do Médico Veterinário.

=> Tem interesse pelo assunto? Você também pode gostar do conteúdo completo do curso Práticas essenciais no manejo sanitário de bezerras leiteiras no período neonatal.
O curso pode ser adquirido individualmente ou você pode optar por assinar a plataforma EducaPoint, tendo acesso a todos os cursos disponíveis (mais de 245!) por um preço único. Clique aqui para assinar.
 
3) Doenças respiratórias
 
As doenças respiratórias estão ligadas às condições de manejo, como por exemplo, colostragem mal feita, superlotação do bezerreiro com animais de diferentes idades, calor frio excessivo, sujeira e umidade no ambiente.
 
Diagnóstico
 
O diagnóstico é baseado nos principais sinais clínicos, que são secreção nasal, aumento da frequência respiratória e tosse. Alguns animais ficam deprimidos, com falta de apetite e presença de febre. 
 
Tratamento 
 
Realizar hidratação do animal com soro administrado por via oral. O antibiótico e anti-inflamatório devem ser aplicados preferencialmente por via parenteral, em dosagens e intervalos recomendados pelo médico veterinário.
 
4) Onfaloflebite
 
Problemas umbilicais são constantes, independente do tamanho e tecnificação da propriedade, sendo um transtorno ocasionado pela falta ou inadequada cura do umbigo.  
 
A onfaloflebite é uma inflamação da veia umbilical e é frequentemente acompanhada de trombose. Os leucócitos neutrofílicos tendem a dominar e, com a cronicidade, o tecido fibroso inflamatório envolve a veia.
 
A inflamação ocorre na veia umbilical que conecta a placenta ao fígado e porta cava que regride após o nascimento para se tornar o ligamento redondo do fígado dentro do ligamento falciforme.
 
Diagnóstico
 
O diagnóstico se baseia nos sinais clínicos, que são aumento de volume no umbigo, com a presença de exsudato, que pode estar ou não exteriorizado. Pode ocorrer dor abdominal e durante a evolução muitas vezes ocorre hepatite, peritonite ou abscesso hepático, devido à ligação que existe entre o sistema porta e o umbigo do recém-nascido.
 
Tratamento
 
Quando a doença é identificada no estágio inicial pode ser realizado tratamento com antibióticos via parenteral. Em alguns casos, há a necessidade de tratamento cirúrgico, com extirpação dos abscessos.
 
Porém a melhor forma de evitar a doença é a profilaxia, prevenir para que não aconteça. Evitar fazer partos em locais sujos e sem higiene, realizar corretamente a desinfecção do umbigo logo após o nascimento, com solução de iodo de 7 a 10%, acompanhar os partos e realizar a limpeza de região do umbigo com soluções antissépticas.
 
Mais informações: 
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 
 
Fontes:
 
4 doenças mais comuns em bezerros (https://www.fundacaoroge.org.br/blog/4-doen%C3%A7as-mais-comuns-em-bezerros)
 
MANEJO SANITÁRIO DE BEZERRAS LEITEIRAS (https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/106195/1/folder-ManejoSanitario.pdf)
 
Principais doenças que acometem as bezerras leiteiras (https://www.cmcagro.com.br/blog/post/principais-doencas-que-acometem-bezerras-leiteira)
 
Onfaloflebite e onfaloarterite em bezerros: o que você precisa saber (https://www.educapoint.com.br/blog/pecuaria-geral/onfaloflebite-onfaloarterite-bezerros/)
 

Neste curso, ministrado pela Profª Drª Viviani Gomes, da FMVZ/USP, e que conta com a participação especial das médicas veterinárias Camila Costa Baccili e Natália Sobreira Basqueira, integrantes do grupo de pesquisa GeCRIA você vai saber como evitar a ocorrência das principais doenças que acometem as bezerras leiteiras no primeiro mês de vida.

Você sabia que pode com um único valor mensal ter acesso ilimitado a esses e centenas de cursos online?

O EducaPoint é uma plataforma preparada para trazer a melhor estrutura em cursos online para ajudar você no seu agronegócio.

Quer ter acesso a todos os cursos da plataforma?