Fechar Precisa de ajuda?
Fechar
ATENDIMENTO ONLINE

PRECISA DE AJUDA?
TEM ALGUMA DÚVIDA?

Fale agora com um de nossos atendentes.
Das 8h às 12h e das 13h às 17h.

ENTRAR NO CHAT

CULTURA MICROBIOLÓGICA NA FAZENDA: COMO USÁ-LA PARA O CONTROLE DE MASTITE

POR QUE PARTICIPAR DESTE CURSO?


O uso indiscriminado de antimicrobianos em rebanhos leiteiros tem preocupado órgãos governamentais em diversos países. O aumento do risco de resíduos no leite e derivados, o possível desenvolvimento de resistência de microrganismos patogênicos aos antimicrobianos, e as perdas econômicas associadas com o tratamento da vaca e descarte de leite são alguns dos motivos dessa preocupação.

A cultura microbiológica tem sido uma estratégia muito utilizada por diversas fazendas do mundo todo, como forma de racionalizar o uso de antimicrobianos. Essas fazendas implementaram programas de tratamento seletivo de mastite clínica, nos quais o uso de antimicrobianos depende dos resultados de identificação microbiológica.

Outro fator muito importante é que, através dessa técnica, é possível aplicar protocolos de tratamento específicos para determinados tipos de agentes, obtendo respostas muito mais efetivas e maior taxa de cura clínica e bacteriológica.

Neste curso, o Dr. Marcos Veiga (professor da USP e Coordenador do laboratório QUALILEITE) e o MSc. Eduardo Pinheiro (Consultor especialista em qualidade do leite e controle de mastite) explicam tudo sobre essa ferramenta, desde os procedimentos que a fazenda deve seguir para realizar o procedimento da forma correta e obter resultados seguros, os materiais necessários para coleta e inoculação da amostra, como realizar a leitura das placas e interpretar os resultados, bem como os cuidados que devem ser tomados para se evitar os erros mais comumente encontrados.

Este curso conta também com a participação especial do Dr. Tiago Tomazi, pesquisador no Laboratório QUALILEITE e consultor em qualidade do leite, o qual compartilha sua vasta experiência durante algumas aulas deste treinamento, além de apresentar resultados de pesquisas recentes realizadas a campo.

Assista ao conteúdo completo deste treinamento e saiba como a cultura microbiológica pode auxiliar produtores e técnicos na tomada de decisão correta quanto aos casos de mastite clínica no rebanho!

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Módulo 1. Introdução ao sistema de cultura na fazenda
Principais causas da mastite em rebanhos leiteiros
Principais agentes contagiosos causadores de mastite
Principais agentes ambientais causadores de mastite
Vantagens e desvantagens da cultura microbiológica na fazenda
Diferenciação de agentes Gram-positivos e Gram-negativos

Módulo 2. Como implantar um laboratório na fazenda?
Materiais e equipamentos necessários para coleta de amostra de leite
Materiais e equipamentos necessários para inoculação da amostra de leite
Pontos críticos para implantação da rotina de coleta
Pontos críticos durante a coleta da amostra

Módulo 3. Inoculação e interpretação dos meios de cultura
Técnicas para inoculação da amostra nos meios de cultura
Interpretação dos meios de cultura – métodos mais comumente usados
Interpretação dos meios de cultura para Streptococcus spp.
Interpretação dos meios de cultura para Staphylococcus spp.
Outros possíveis resultados e interpretações

Módulo 4. Como utilizar os resultados de cultura microbiológica na fazenda
Aplicações da técnica para casos de mastite clínica
Aplicações da técnica para casos de mastite subclínica
Aplicações da técnica para terapia seletiva de secagem de vacas
Aplicações da técnica para avaliação do período seco
Resultados na prática

Módulo 5. Resultados de pesquisas e considerações finais
Resultados de estudo internacional
Resultados de estudo nacional e considerações finais


Agradecimento:
Locais de gravação: Fazenda Rio Doce, Itobi/SP
Laboratório QUALILEITE, FMVZ-USP, Pirassununga/SP

INSTRUTORES

Marcos Veiga dos Santos

Marcos Veiga dos Santos é Professor Titular do Departamento de Nutrição e Produção Animal (VNP) da FMVZ-USP. Coordena o QUALILEITE-FMVZ-USP, Laboratório de Pesquisa em Qualidade do Leite. É editor científico da revista Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science e colunista do Portal MilkPoint e da revista Mundo do Leite.

SAIBA MAIS SOBRE ESSE INSTRUTOR
 

Eduardo de Souza Campos Pinheiro

Médico Veterinário pela UFMG, e Mestre em Nutrição e Produção Animal pela FMVZ/USP. Durante seu mestrado, desenvolveu atividades de pesquisa e extensão com enfoque em mastite causada por Staphylococcus aureus. Desenvolve trabalhos de pesquisa e consultoria pela empresa Grupo Apoiar na área de Qualidade do Leite e Controle de Mastite.

SAIBA MAIS SOBRE ESSE INSTRUTOR

CONTATO

Enviar
bar_chartNível AVANÇADO
Gravado a campo
ondemand_video22 Vídeoaulas
schedule 10 horas: tempo estimado para você realizar as atividades deste curso
forumFórum de debates
chrome_reader_modeCertificado digital de participação
Categorias: Cadeia do leite, Cursos a campo
Você pode assistir a esse curso, e a todos os outros, sendo um assinante do EducaPoint!

Outros cursos que podem te interessar

keyboard_arrow_left keyboard_arrow_right
Rede Agripoint

Copyright © 2018 AgriPoint - Todos os direitos reservados

AgriPoint Serviços de Informação para o Agronegócio
CNPJ 03.775.184/0001-50

Rua Tiradentes, 848 - 12º Andar - Centro - Piracicaba - SP

design salvego.com - desenvolvimento d-nex

Uma empresa associada da abed
ENCONTRE-NOS: