INFLUÊNCIA DO AMBIENTE NA OCORRÊNCIA DE MASTITE

Intermediário

6h de estudo

01 hora e 35 minutos em vídeos

de 79 avaliações

POR QUE PARTICIPAR DESTE CURSO?

A ocorrência de mastite no rebanho está muito relacionada com o ambiente no qual os animais são mantidos. Cada propriedade apresenta desafios inerentes ao seu sistema de produção, de forma que algumas práticas de manejo devem ser adotadas, visando minimizar os possíveis problemas.

Neste curso, o consultor Eduardo Pinheiro mostra os principais gargalos de dois tipos de sistemas - semi-confinamento e compost barn -, e qual a sua relação com a incidência de mastite no rebanho. O instrutor aborda não só os aspectos relacionados ao ambiente e manejo, como também aqueles relacionados ao animal e ao agente etiológico da mastite.

Além de ser médico veterinário, com vários trabalhos na área de mastite e qualidade do leite, Eduardo é proprietário de uma fazenda que migrou do sistema semi-confinado para o compost barn, local em que este curso foi gravado.

Ao longo dos vídeos, ele mostra quais eram os desafios do semi-confinamento, e como a fazenda conseguiu mudar radicalmente seus resultados de produção e qualidade do leite, reduzindo a CCS de quase 1 milhão cél/ml para 300 mil cél/ml, e aumentando a produtividade média das vacas em 10 litros/dia/animal. Lembrando que o segredo não está na instalação em si, mas nas práticas de manejo realizadas rotineiramente, e que são detalhadas durante o curso.

Local de gravação:
Fazenda Rio Doce – Itobi/SP

Assista à apresentação do curso ministrado por: Eduardo de Souza Campos Pinheiro.

Programa do Curso

Esse é um curso de Nível Intermediário. É necessário algum conhecimento prévio sobre o assunto.

O curso possui mais de 01 hora e 35 minutos em vídeo aulas e pode ser completado com apenas 6 horas de estudo.

Veja o conteúdo que será abordado durante o curso:

MÓDULO 1: Fatores de risco para a ocorrência de mastite no sistema semi-confinado
  • Fatores de risco relacionados ao ambiente
  • Fatores de risco relacionados à vaca
  • Fatores de risco relacionados ao agente causador da mastite
MÓDULO 2: Indicadores de qualidade do leite no sistema semi-confinado
  • Indicadores de rotina de ordenha no semi-confinamento
  • Prevalência de agentes causadores de mastite no semi-confinamento e dinâmica de infecção
MÓDULO 3: Fatores de risco para a ocorrência de mastite no sistema de Compost Barn
  • Fatores de risco relacionados ao ambiente e manejo
  • Fatores de risco relacionados à vaca
  • Principais agentes causadores de mastite no Compost Barn
  • Erros mais frequentes no manejo do Compost Barn e suas consequências
MÓDULO 4: Indicadores de qualidade do leite no sistema de Compost Barn
  • Indicadores de rotina de ordenha no Compost Barn
  • Prevalência de agentes causadores de mastite no Compost Barn e dinâmica de infecção

Eduardo de Souza Campos Pinheiro

Médico Veterinário pela UFMG, e Mestre em Nutrição e Produção Animal pela FMVZ/USP. Durante seu mestrado, desenvolveu atividades de pesquisa e extensão com enfoque em mastite causada por Staphylococcus aureus. Desenvolve trabalhos de pesquisa e consultoria pela empresa Grupo Apoiar na área de Qualidade do Leite e Controle de Mastite.
OUTROS CURSOS DESSE INSTRUTOR

Invista no futuro do seu negócio com o EducaPoint

Contato

Caso tenha alguma dúvida, questão, ou sugestão, entre em contato conosco preenchendo corretamente o formulário abaixo. Será um prazer lhe atender!

Você também pode aproveitar a oportunidade para nos indicar temas de seu interesse!

Responderemos suas solicitações o mais breve possível.