CULTURA MICROBIOLÓGICA NA FAZENDA: COMO USÁ-LA PARA O CONTROLE DE MASTITE

Avançado

7h de estudo

3 horas e 5 minutos em vídeos

de 80 avaliações

POR QUE PARTICIPAR DESTE CURSO?

O uso indiscriminado de antimicrobianos em rebanhos leiteiros tem preocupado órgãos governamentais em diversos países. O aumento do risco de resíduos no leite e derivados, o possível desenvolvimento de resistência de microrganismos patogênicos aos antimicrobianos, e as perdas econômicas associadas com o tratamento da vaca e descarte de leite são alguns dos motivos dessa preocupação.

A cultura microbiológica tem sido uma estratégia muito utilizada por diversas fazendas do mundo todo, como forma de racionalizar o uso de antimicrobianos. Essas fazendas implementaram programas de tratamento seletivo de mastite clínica, nos quais o uso de antimicrobianos depende dos resultados de identificação microbiológica.

Outro fator muito importante é que, através dessa técnica, é possível aplicar protocolos de tratamento específicos para determinados tipos de agentes, obtendo respostas muito mais efetivas e maior taxa de cura clínica e bacteriológica.

Neste curso, o Dr. Marcos Veiga (professor da USP e Coordenador do laboratório QUALILEITE) e o MSc. Eduardo Pinheiro (Consultor especialista em qualidade do leite e controle de mastite) explicam tudo sobre essa ferramenta, desde os procedimentos que a fazenda deve seguir para realizar o procedimento da forma correta e obter resultados seguros, os materiais necessários para coleta e inoculação da amostra, como realizar a leitura das placas e interpretar os resultados, bem como os cuidados que devem ser tomados para se evitar os erros mais comumente encontrados.

Este curso conta também com a participação especial do Dr. Tiago Tomazi, pesquisador no Laboratório QUALILEITE e consultor em qualidade do leite, o qual compartilha sua vasta experiência durante algumas aulas deste treinamento, além de apresentar resultados de pesquisas recentes realizadas a campo.

Assista ao conteúdo completo deste treinamento e saiba como a cultura microbiológica pode auxiliar produtores e técnicos na tomada de decisão correta quanto aos casos de mastite clínica no rebanho!
 
Agradecimento:
Locais de gravação: Fazenda Rio Doce, Itobi/SP
Laboratório QUALILEITE, FMVZ-USP, Pirassununga/SP

Assista à apresentação do curso ministrado por: Marcos Veiga dos Santos e Eduardo de Souza Campos Pinheiro.

Programa do Curso

Esse é um curso de Nível Avançado. É abordagem mais técnica e aprofundada sobre o assunto.

O curso possui mais de 3 horas e 5 minutos em vídeo aulas e pode ser completado com apenas 7 horas de estudo.

Veja o conteúdo que será abordado durante o curso:

MÓDULO 1: Introdução ao sistema de cultura na fazenda
  • Principais causas da mastite em rebanhos leiteiros
  • Principais agentes contagiosos causadores de mastite
  • Principais agentes ambientais causadores de mastite
  • Vantagens e desvantagens da cultura microbiológica na fazenda
  • Diferenciação de agentes Gram-positivos e Gram-negativos
MÓDULO 2: Como implantar um laboratório na fazenda?
  • Materiais e equipamentos necessários para coleta de amostra de leite
  • Materiais e equipamentos necessários para inoculação da amostra de leite
  • Pontos críticos para implantação da rotina de coleta
  • Pontos críticos durante a coleta da amostra
MÓDULO 3: Inoculação e interpretação dos meios de cultura
  • Técnicas para inoculação da amostra nos meios de cultura
  • Interpretação dos meios de cultura - métodos mais comumente usados
  • Interpretação dos meios de cultura para Streptococcus spp.
  • Interpretação dos meios de cultura para Staphylococcus spp.
  • Outros possíveis resultados e interpretações
MÓDULO 4: Como utilizar os resultados de cultura microbiológica na fazenda
  • Aplicações da técnica para casos de mastite clínica
  • Aplicações da técnica para casos de mastite subclínica
  • Aplicações da técnica para terapia seletiva de secagem de vacas
  • Aplicações da técnica para avaliação do período seco
  • Resultados na prática
MÓDULO 5: Resultados de pesquisas e considerações finais
  • Resultados de estudo internacional
  • Resultados de estudo nacional e considerações finais

Marcos Veiga dos Santos

Marcos Veiga dos Santos é Professor Titular do Departamento de Nutrição e Produção Animal (VNP) da FMVZ-USP. Coordena o QUALILEITE-FMVZ-USP, Laboratório de Pesquisa em Qualidade do Leite. É editor científico da revista Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science e colunista do Portal MilkPoint e da revista Mundo do Leite.
OUTROS CURSOS DESSE INSTRUTOR

Eduardo de Souza Campos Pinheiro

Médico Veterinário pela UFMG, e Mestre em Nutrição e Produção Animal pela FMVZ/USP. Durante seu mestrado, desenvolveu atividades de pesquisa e extensão com enfoque em mastite causada por Staphylococcus aureus. Desenvolve trabalhos de pesquisa e consultoria pela empresa Grupo Apoiar na área de Qualidade do Leite e Controle de Mastite.
OUTROS CURSOS DESSE INSTRUTOR

Invista no futuro do seu negócio com o EducaPoint

Contato

Caso tenha alguma dúvida, questão, ou sugestão, entre em contato conosco preenchendo corretamente o formulário abaixo. Será um prazer lhe atender!

Você também pode aproveitar a oportunidade para nos indicar temas de seu interesse!

Responderemos suas solicitações o mais breve possível.