Fechar Precisa de ajuda?
Fechar
ATENDIMENTO ONLINE

PRECISA DE AJUDA?
TEM ALGUMA DÚVIDA?

Fale agora com um de nossos atendentes.
Das 8h às 12h e das 13h às 17h.

ENTRAR NO CHAT

BLOG

Postado em: 01/03/2018

Análise de perigos: o princípio mais importante do sistema APPCC

A ferramenta APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle), cujo entendimento e correta aplicação é fundamental - uma vez que é uma exigência em laticínios sob SIF (Serviço de Inspeção Federal) -, possui 7 princípios. O princípio número 1 é justamente a primeira parte da sigla APPCC: análise de perigos.

O princípio 1 consiste em realizar uma análise de perigos e estabelecer as medidas preventivas para cada perigo identificado.

O princípio 1 é fundamental porque será a base e identificação de todas as possíveis contaminações que levarão a medidas preventivas e, consequentemente, aos controles. Portanto, se tiver alguma falha, seja na identificação no tipo de perigo, seja na ausência de identificação do perigo, não será possível controlar essa contaminação mais para frente no processo.

Devemos considerar os perigos significativos que podem ocorrer em todo o processo produtivo, incluindo matérias-primas, insumos, desde o armazenamento até a distribuição e uso pelo consumidor.

Essa é, portanto, a etapa mais meticulosa e importante do sistema APPCC!

À medida que esses perigos são identificados, precisamos fazer o que chamamos de avaliação de risco.

O que é avaliação de risco?

A avaliação de risco estabelece o cruzamento entre duas variáveis: severidade, ou seja, o quanto esse perigo pode trazer de dano à saúde do consumidor, e a probabilidade de ocorrência.

Veja abaixo um exemplo de matriz de avaliação de risco:



A empresa determina quantos níveis quer usar para a avaliação de risco (não precisa necessariamente ser 4, como no exemplo). No entanto, é importante destacar que a severidade é baseada em informações científicas. Um microrganismo que pode ser fatal tem um grau de severidade bem maior do que um que causa menos danos à saúde do consumidor. O mesmo vale para os perigos físicos.

Já a probabilidade é estabelecida pela equipe APPCC. Assim, a matriz de avaliação de risco é realizada com base na própria experiência da empresa.

Veja abaixo um exemplo:



Essa nova forma de fazer a avaliação de risco, baseada na matriz de avaliação de risco, permite que se faça um filtro muito mais preciso da avaliação de perigos do que se fazia no modelo antigo, porque deixa claro os perigos mais significativos. Isso ajuda muito na tomada de decisões.

Essas informações fazem parte do curso online "Aplicação da Ferramenta APPCC em processamento de leite e derivados”, com a instrutora Isabela Ferrari.

Para conferir os outros 6 princípios do sistema APPCC e tornar seu sistema cada vez mais seguro, acesse o curso completo. Para isso, basta assinar o EducaPoint! Com planos totalmente acessíveis, a plataforma oferece o que há de melhor e mais atual na pecuária brasileira, e os assinantes têm acesso ilimitado a TODOS os cursos (já são mais de 100 temas).

Conheça os planos aqui! Ou experimente realizando um breve cadastro no site: https://www.educapoint.com.br/experimente/.

Mais informações
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
Whatsapp (19) 99817- 4082
Skype: atendimento@educapoint.com.br

Ficou com dúvidas, gostaria de sugerir de sugerir um tema ou saber mais sobre o EducaPoint? Envie uma mensagem para nós:

Enviar

Você está procurando soluções para público corporativo?

Cursos fechados ou vagas para grandes turmas

VEJA NOSSAS SOLUÇÕES
Rede Agripoint

Copyright © 2018 AgriPoint - Todos os direitos reservados

AgriPoint Serviços de Informação para o Agronegócio
CNPJ 08.885.666/0001-86

Rua Tiradentes, 848 - 12º Andar - Centro - Piracicaba - SP

design salvego.com - desenvolvimento d-nex

Uma empresa associada da abed
ENCONTRE-NOS: