Fechar Precisa de ajuda?
Fechar
ATENDIMENTO ONLINE

PRECISA DE AJUDA?
TEM ALGUMA DÚVIDA?

Fale agora com um de nossos atendentes.
Das 8h às 12h e das 13h às 17h.

ENTRAR NO CHAT

BLOG

Postado em: 07/08/2018

Compost barn: é possível garantir a boa saúde da glândula mamária?

O compost barn é um sistema de confinamento de animais sobre uma cama de compostagem. Manter a cama seca é o ponto crucial do manejo para se obter sucesso neste sistema. É possível garantir a boa saúde da glândula mamária nesse sistema?

Quando o compost barn foi introduzido no Brasil, muitas pessoas duvidavam de que seria possível ter uma saúde de glândula mamária tão boa nesse sistema quanto se tem no free stall. Entretanto, diversos trabalhos americanos têm mostrado que os dois sistemas são parecidos quanto ao número de células somáticas e incidência de mastite dentro do rebanho.

Confira na tabela abaixo a comparação do score de limpeza entre quatro trabalhos:


No primeiro trabalho, nota-se que o compost barn teve vacas um pouco mais sujas do que no free stall de areia e no free stall de areia com ventilação cruzada. No segundo trabalho, não houve diferença estatística. Nos outros dois trabalhos, o score de limpeza foi muito próximo ao relatado em free stalls de areia.

Dessa maneira, pode-se afirmar que as vacas em um compost barn bem manejado são tão limpas quanto em um bom free stall.

O trabalho abaixo comparou vacas alojadas em compost barn com vacas alojadas em free stall com camas de areia:



O trabalho evidenciou que qualquer um dos rebanhos pode ter células somáticas em níveis extremamente baixos. Além disso, a incidência de mastite foi a mesma nos dois sistemas, demonstrando que o compost barn pode ser tão bom para a saúde da glândula mamária quanto um free stall bem manejado.

Já o trabalho abaixo comparou fazendas de free stall e tie stall que fizeram a transição para compost barn:



O gráfico mostra que diversas fazendas tiveram uma melhora expressiva nas células somáticas e houve apenas uma fazenda onde a contagem de células somáticas do rebanho aumentou.

Ainda no mesmo trabalho, temos o gráfico abaixo:



O gráfico mostra a prevalência de mastite, isto é, vacas com mais de 200.000 células somáticas por ml. Na grande maioria das fazendas, houve uma diminuição na prevalência de mastite.

As fazendas no Brasil que introduziram o sistema de compost barn tiveram um decréscimo na incidência de mastite e na CCS do rebanho. Isso acontece principalmente porque, a principal vantagem do compost barn é o calor, que é o que faz a cama secar. A cama seca garante vacas limpas e, por sua vez, o começo de uma boa ordenha.

Apesar disso, todo o manejo preparatório de ordenha e todos os cuidados de secagem de vaca ainda são necessários no compost barn.

Confira abaixo o médico veterinário Adriano de Siqueira Seddon, que foi o responsável pela introdução do compost barn no Brasil, explicando sobre os resultados de pesquisas:


Esse vídeo é apenas uma das aulas do curso on-line,  Compost barn na prática, do projeto ao manejo, do EducaPoint, em que Adriano Seddon explica detalhadamente como fazer o manejo correto da cama, com que frequência realizar, e quais são os equipamentos corretos para promover o revolvimento e aeração eficiente da cama.

Com demonstrações práticas, este curso aborda o sistema de compost barn desde o seu planejamento, passando pela implantação, até as medidas de manejo diárias. Acesse agora o curso completo! Para isso, assine o EducaPoint.

Com planos totalmente acessíveis, a plataforma oferece o que há de melhor e mais atual na pecuária brasileira, e os assinantes têm acesso ilimitado a TODOS os cursos (já são mais de 115 temas).

Conheça os planos aqui! Ou experimente sem compromisso realizando um breve cadastro no site: https://www.educapoint.com.br/experimente/.

Mais informações:

contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082

Ficou com dúvidas, gostaria de sugerir de sugerir um tema ou saber mais sobre o EducaPoint? Envie uma mensagem para nós:

Enviar

Você está procurando soluções para público corporativo?

Cursos fechados ou vagas para grandes turmas

VEJA NOSSAS SOLUÇÕES
Rede Agripoint

Copyright © 2018 AgriPoint - Todos os direitos reservados

AgriPoint Serviços de Informação para o Agronegócio
CNPJ 03.775.184/0001-50

Rua Tiradentes, 848 - 12º Andar - Centro - Piracicaba - SP

design salvego.com - desenvolvimento d-nex

Uma empresa associada da abed
ENCONTRE-NOS: