Fechar Precisa de ajuda?
Fechar
ATENDIMENTO ONLINE

PRECISA DE AJUDA?
TEM ALGUMA DÚVIDA?

Fale agora com um de nossos atendentes.
Das 8h às 12h e das 13h às 17h.

ENTRAR NO CHAT

BLOG

Postado em: 10/01/2019

Fibra, FDN, fibra fisicamente efetiva: você domina estes conceitos?

Para todos os animais, as principais fontes de energia são os carboidratos (CHO) e os lipídios, sendo que no caso de ruminantes, os CHO têm importância muito maior, já que são os principais constituintes dos tecidos vegetais. Estes compostos chegam a representar 60-70% da composição das rações para bovinos leiteiros e constituem-se na mais importante fonte de energia para os micro-organismos do rúmen. Os CHO representam o maior componente da energia líquida para manutenção e produção de leite.

Forragens compõem aproximadamente 40-60% da matéria seca em dietas de vacas leiteiras. Com isso, os carboidratos presentes nas forragens são a maior fonte de energia para esses animais.

O carboidrato das plantas forrageiras encontra-se principalmente na fração fibrosa da planta, classificada nas análises laboratoriais como FDN (fibra insolúvel em detergente neutro). A fração FDN dos alimentos consiste de celulose e hemicelulose, carboidratos estruturais presentes na parede das células vegetais, e também de lignina, um composto fenólico (isto é, não-carboidrato) responsável pela rigidez da estrutura da planta.

Para que o rúmen dos bovinos leiteiros possa funcionar de forma satisfatória, é preciso fornecer alimentos fibrosos aos animais, mesmo sabendo que materiais ricos em fibra têm digestibilidade mais baixa, e taxa de degradação mais lenta. Isso se deve principalmente ao fato de que grande parte da população microbiana é composta por micro-organismos digestores de carboidratos estruturais, que precisam desses substratos para sobreviver.

No momento de formular dietas para vacas leiteiras, um outro conceito importante é a efetividade da fibra, que tem relação com a capacidade de um alimento qualquer, seja forragem ou não, de exercer “funções” de fibra, especialmente no que se refere ao funcionamento ruminal, principalmente a manutenção do pH.

Algumas dúvidas são comuns no momento de formular um dieta: quanto do FDN da formulação deve ser proveniente de forragens? Quanto do FDN pode vir de outras fontes? Qual a efetividade da fibra de subprodutos?

A dieta precisa balancear a quantidade de carboidratos fibrosos e não fibrosos.

Desvantagens do carboidrato fibroso:

- Menos energia;

- Digestão mais lenta;

- Enchimento ruminal (reduz ingestão de matéria seca)

 

Vantagens do carboidrato fibroso:

- Estimula a mastigação;

- Estimula produção de saliva;

- Manutenção do pH saudável.

 

Vantagens dos carboidratos não fibrosos:

- Mais energia;

- Digestão mais rápida;

- Sem enchimento.

 

Desvantagens dos carboidratos não fibrosos:

- Não provoca mastigação;

- Não estimula a ruminação;

- Queda do pH ruminal;

- Acidose ruminal.

Assim, é necessário achar o balanço ideal, para manter a vaca saudável e, ao mesmo tempo, fornecer a quantidade de energia que ela precisa. 

Confira abaixo as recomendações do National Research Council (NRC):

Quer saber mais sobre a questão dos carboidratos na dieta das vacas leiteiras? Confira o conteúdo completo do curso on-line  Nutrição de vacas leiteiras - carboidratos, do EducaPoint.

Aproveite para ver todas as centenas de outras opções de curso (já são mais de 130 temas) que estão incluídos na assinatura da plataforma EducaPoint

Mais informações:

contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 
www.educapoint.com.br
Baixe o aplicativo para celular

Dúvidas, críticas ou sugestões de temas? Envie um e-mail para  contato@educapoint.com.br

Ficou com dúvidas, gostaria de sugerir de sugerir um tema ou saber mais sobre o EducaPoint? Envie uma mensagem para nós:

Enviar

Você está procurando soluções para público corporativo?

Cursos fechados ou vagas para grandes turmas

VEJA NOSSAS SOLUÇÕES
Rede Agripoint

Copyright © 2019 AgriPoint - Todos os direitos reservados

AgriPoint Serviços de Informação para o Agronegócio
CNPJ 08.885.666/0001-86

Rua Tiradentes, 848 - 12º Andar - Centro - Piracicaba - SP

design salvego.com - desenvolvimento d-nex

Uma empresa associada da abed
ENCONTRE-NOS: